Domingo, 03 de Marco de 2024

Aprenda a Prevenir o Pé Diabético - Descubra Tudo Agora

Publicidade

Embora seja uma triste realidade, uma das principais causas de amputações não traumáticas em todo Brasil acontecem por conta de pé diabético. No entanto, o que muita gente não sabe é que existem alguns cuidados simples e básicos para evitar que a situação se agrave e chegue a uma amputação. Segundo dados do Ministério da Saúde, nos últimos 10 anos o Brasil teve um aumento de 61,8% no número de diabéticos. Isso fez com que envelhecimento da população fosse impulsionado e por alterações na rotina alimentar e prática de exercícios. Contudo, teve um grande aumento de casos com complicações de ligações a doença com o pé diabético. Esse problema que cresce de modo silencioso já se tornou a maior causa de amputações não traumáticas de todo o Brasil. Para evitar que esse problema aconteça.

Aprenda a Prevenir o Pé Diabético - Descubra Tudo Agora

Diabetes

Publicidade

De modo geral, o diabetes se trata de uma síndrome metabólica que acontece devido a uma elevação nos índices de glicose no sangue, ou seja, hiperglicemia. Sendo assim, essa elevação nos índices de açúcar no sangue acontece devido a uma deficiência na hora de produzir hormônios de insulina ou por se tornar incapaz de produzi-lo. Tudo isso acontece devido a doença e por isso existem vários tipos de diabetes.

Quais são os principais tipos de diabetes?

  • 1°- Diabetes Mellitus Tipo 1- Nesse caso o diabetes acontece devido a uma produção insuficiente de insulina para o corpo. Além disso, as causas para gerar esses efeitos ainda seguem desconhecidas por todos.
  • 2°- Diabetes Mellitus Tipo 2– Já nesse tipo acontece devido a uma dificuldade que as células do corpo têm ao responder a insulina de modo correto. Esse estado também é conhecido como resistência a insulina. Vale ressaltar que esse tipo da doença acontece devido a hábitos alimentares ruins e um estilo de vida sedentário que contribui para a doença.
  • 3°- Diabetes Gestacional– Por fim, esse tipo de diabetes acontece em mulheres que antes não apresentavam nenhum tipo de sinal de sofrer com a doença. Mas, devido a gravidez passa a ter uma taxa elevada de glicose na corrente sanguínea.

Quais os problemas gerados pelo Diabetes?

Primeiro, saiba que quando o diabetes não fica sob controle, os altos níveis de glicose no sangue podem afear a qualidade de vida de uma pessoa. Desse modo, ainda podem provocar lesões em todo o organismo de um corpo. Por exemplo, rins, olhos, coração, vasos sanguíneos e assim por diante. Veja abaixo:

  • Lesões renais;
  • Problemas oculares;
  • Neuropatia diabética;
  • AVC;
  • Impotência;
  • Doença vascular periférica (DVF);
  • Edema macular;
  • Glaucoma;
  • Pé diabético.

Aprenda a Prevenir o Pé Diabético - Descubra Tudo Agora

Afinal, o que é Pé Diabético?

Dentre as principais complicações que o diabete pode causar na vida de uma pessoa está o pé diabético. De acordo com pesquisas, um a quatro pacientes com essa doença tendem a apresentam o pé diabético.  O pé diabético acontece devido ao desenvolvimento de muitas feridas em grande parte do pé. As feridas são chamadas de úlceras, e as áreas afetadas podem chegar a infeccionar com muita facilidade.

Esse problema acontece por conta de uma má circulação do sangue em pessoas que estão com taxas de glicemia fora do normal. Portanto, as pessoas que tem a doença devem buscar tratar todos os tipos de ferimentos que surgem nos pés. Por exemplo, frieiras, cortes e bolhas. Buscar por ajuda médica nesse caso pode fazer com que evite ter que passar por uma gravidade das feridas e chegue até mesmo a ter o pé amputado.

Publicidade

Quais os sintomas comuns no Pé Diabético?

  • Calos nos pés;
  • Inchaço dos pés;
  • Queda da sensibilidade do pé;
  • Sensação de pontadas nas pernas e pés;
  • Fraqueza das pernas;
  • Dormência das pernas;
  • Queimação e formigamento na região;
  • Os dedos avermelhados, ainda mais na face superior da região.

Como funciona o tratamento de Pé Diabético?

Sem dúvidas, para garantir que o tratamento tenha eficiência, e não tenha que lidar com medidas mais rígidas com o problema. Saiba que se torna essencial buscar por ajuda de um médico assim que ver algum tipo de lesão nos pés. Afinal, quando que a lesão não tenha seja grave, toda evolução pode acontecer de modo rápido. Quanto antes iniciar os cuidados, mais fácil vai se tornar ter eficácia para não ter o problema evoluído para um nível de gravidade mais alto. Assim, todo cuidado vai ser de acordo com o tipo de lesão e o nível da situação. Veja abaixo alguns dos itens:

  • Pomadas;
  • Antibióticos;
  • Antimicrobianas;
  • Cuidados com a higiene do local;
  • Curativos diários;
  • Remédios.

Mas, em casos o médico pode ter que fazer a retirada da pele da região do pé para que ela cicatrize. Enfim, nos casos ainda mais graves a única saída é ter que recorrer a amputar o local da ferida.

Como prevenir o Pé Diabético?

Antes de mais nada, uma das melhores formas de prevenir o pé diabético, está em manter os níveis de açúcar no sangue de modo adequado. Para isso, vai ter que ter de aderir a uma rotina de alimentação saudável, com ausência de carboidratos refinados e o açúcar. As atividades físicas também podem garantir um peso saudável para evitar o problema. Confira abaixo dicas de como prevenir o pé diabético de modo simples e prático:

  • Busque fazer uma inspeção em seus pés de modo regular. Assim, caso veja que está com alguma lesão, já pode ir ao médico. Quanto antes começar um tratar, maiores são as chances de acabar com o problema;
  • Faça exames de modo regular, e peça para seu médico examinar a região para que te ofereça todo suporte para evitar o pé diabético;
  • Procure usar apenas sapatos com conforto em seus pés. Assim pode evitar o desgaste da região de seus pés e pode evitar ter o pé nesse estado;
  • Atenção sob a temperatura da água. Isso porque, as temperaturas acima de 35°C podem causar queimaduras leves. Mas, os diabéticos podem acabar tendo bolhas e lesões fazendo com que tenha o pé diabético;
  • Enfim, tenha cuidado na hora de cortar as suas unhas para não ter lesões e acabar criando o problema em seus pés.

Sendo assim, pode evitar ter pé diabético e lidar com esse problema. Por isso, de agora em diante, use os nossos dados para prevenir o pé diabético de modo simples e fácil.

Compartilhe

Relacionados

Veja Como Obter Um Bom Atendimento Médico Sem Plano de Saúde Saúde Veja Como Obter Um Bom Atendimento Médico Sem Plano de Saúde Sem dúvidas, obter um atendimento médico de qualidade se trata de uma missão nada fácil na vida de grande parte dos brasileiros. Dessa forma, o SUS possui vários tipos de reclamações...
Descubra as Dicas de Alimentação Para Manter a Saúde em Dia Saúde Descubra as Dicas de Alimentação Para Manter a Saúde em Dia Hoje em dia, um dos assuntos mais falados é a respeito das dicas alimentação saudável. Afinal, o que se coloca no prato na hora de realizar as refeições do dia, se trata de uma grande...
Conheça as Opções Para Ter Acesso a Serviços Médicos de Qualidade Saúde Conheça as Opções Para Ter Acesso a Serviços Médicos de Qualidade As pessoas que se preocupam com a saúde e qualidade de vida no Brasil, sofrem com os desafios de acesso a saúde pública. Segundo uma pesquisa, uma pessoa espera cerca de seis meses para...
Saiba Quais São e Como Prevenir as Doenças Infantis Mais Comuns Saúde Saiba Quais São e Como Prevenir as Doenças Infantis Mais Comuns Sem dúvidas, por mais que todos tenham cuidados com as crianças, uma hora ou outra durante a infância, eles acabam contraindo doenças infantis. Vale lembrar, que nessa fase o sistema...
© 2024 - Nossa Duvida